Up Dicas dos Pontos de Mergulho » Curaçao


Curaçao

O Local:

Curaçao, assim como Aruba e Sint Maarten, tornou-se recentemente um território membro dos Países Baixos (Holanda) e sendo assim um país independente. Situada cerca de 80km ao norte da Venezuela no mar do caribe, a ilha é atualmente um dos pontos mais procurados por jovens casais em lua-de-mel, mas também muito frequentada por famílias e mergulhadores.

O mergulho em Curaçao pode ser feito tanto embarcado como saindo da praia, porém devido aos grandes resorts e hotéis que crescem em Curaçao, cada um destes hoteis praticamente virou "dona" de uma praia e assim, mergulhar fora de seu hotel requer permissão (lei-se pagar uma taxa para entrar e mergulhar). Outro detalhe é que cada hotel tem seu dive center e assim cada um também tem seu schedule para as saídas, o que significa que se você pretende ir a um determinado ponto, eles só irão em um determinado dia :(

Apesar de ser parte integrante da Holanda, devido à sua história de colonização e invasões, a linguagem nativa do povo de Curaçao é o papiamento, porém, o povo todo é poliglota e é comum além do papiamento falarem holandês, inglês, espanhol e mesmo às vezes até uma 5a língua!!!

Principais Pontos Visitados:

Como a estadia na ilha foi curta, pude apenas conhecer 2 pontos de mergulho, sendo que um dos mais recomendados, o Mushroom Forest, não foi possível pois meu hotel só tinha saídas as 5as feiras e só ficaria em Curaçao até quarta :(
Sea Aquarium: Mergulho dentro do Aquário. Na verdade um cercado dentro do mar a uma profundidade máxima de 3 metros composto de vários tanques. Neste mergulho descemos com uma "marmitinha" com peixes para alimentar os outros peixes :) Descemos no tanque central onde ficam as raias, mero, robalos, etc com tubarões, tartarugas e golfinhos nos tanques ao lado. A sensação inicial de alimentar os peixes na boca é estranha e até um pouco tensa, mas vale a pena a experiência.
Aquarium Reef: Mergulho em frente ao Sea Aquarium. Paredão com muita vida, típica de um mar caribenho.A chegada ao paredão passando pela arrebentação por baixo d'agua é uma atração à parte que exige um pouco da habilidade do mergulhador, principalmente com a flutuabilidade em águas ainda rasas. Destroços de um naufrágio complementam o belo mergulho cheio de corais fogo na parte mais rasa.

Quando ir:

Estando fora da rota dos furações, Curaçao pode ser visitada durante o ano todo, sendo que a temperatura da água não costuma variar muito ficando em torno dos 28 graus e a visibilidade por volta dos 30m ou mais.

Apesar de não ser diretamente afetada pelos furações, durante a época de julho a outubro, as chuvas e os ventos estão mais presentes e as vezes podem cair algumas belas pancadas de chuva.

Fora o Mergulho:

Curaçao é uma ilha relativamente grande com muitas atrações. Reserve um tempo para conhecer o centro, sua história, a fábrica do famoso licor curaçao blue e fazer um ilha tour, onde poderá visitar praias maravilhosas, grutas e conhecer um pouco da flora e fauna terrestre.

Visite o Sea Aquarium, além da possibilidade de mergulho e alimentar os peixes, você também poderá mergulhar com golfinhos, leões marinhos e apreciar os vários tanques com outros seres marinhos. A aquário mantém uma programação ao longo do dia inteiro que você pode acompanhar o trabalho dos tratadores alimentando os animais.

Particularmente como o tempo em Curaçao foi muito curto e o corpo moído de tanto mergulhar em Bonaire, acabamos não conhecendo de fato a ilha.

O que Levar:

Para o mergulho, um short-john de 3mm é mais que suficiente e para os mais friorentos uma peça inteira de 5mm atende. Como temos saídas de praia em Curaçao, uma bota com solado firme e nadadeira aberta é bem recomendado. Fora d'agua muita bermuda, camisetas leve, óculos de sol escuro (muito escuro, se é que você me entende - rssss) e quilos de protetor solar.

Recomendo:

Cuidado!!! Isso mesmo, recomendo muito cuidado indo a Curaçao ou mesmo somente de passagem pela ilha com destino a outros lugares. Infelizmente tive minha mala arrombada na ida (Não levaram nada), mas na volta de Bonaire, além de minha mala, roubaram pequenas coisas de uma outra pessoa no aeroporto. Dizem as más línguas que os assaltos em Bonaire são de pessoas que vem de Curaçao para praticar os furtos e por azar o infelicidade minha eu passei a acreditar fortemente nisso. Assim, envolver sua mala com aqueles filmes plásticos e usar o serviço de cofre do hotel já é uma medida para evitar dor de cabeça futura.

Logo na saída do aeroporto, existe uma pequena lanchonete em Curaçao onde é servido um lanche parecido com os famosos churrasquinhos grego no centro de São Paulo chamado de Showarma. Experimente, é muito bom acompanhado de um leve pimenta :)

Como a ilha é destino de pessoas com diferentes finalidades, procure pesquisar sobre qual hotel irá ficar. No meu caso fiquei no Breezes, um excelente all inclusive com comida e bebida de excelente qualidade, mas em função de ser um ambiente totalmente familiar, a galera se sentiu literalmente como peixes fora d'água ; )









Críticas e Sugestões, favor entrar em contato:

Trilhas & Mergulho